Tecnologia‎ > ‎Linux‎ > ‎

Comandos Úteis (Linha de Comando)


nm-tool


Lista as informações relevantes sobre as conexões de rede, tais como tipo, driver, estado, MAC address, velocidade, endereço IP, máscara, gateway e endereços DNS.



iotop


Mostra os programas que estão acessando mais o disco, de forma semelhante a como top mostra os programas que estão usando mais a CPU.



traceroute <endereço-IP>


Enquanto ping mostra o tempo de resposta de um servidor na rede / Internet, traceroute mostra o tempo até cada máquina no meio do caminho.



nethogs

Este serve para mostrar quais programas estão acessando mais sua conexão de rede, também numa idéia semelhante ao comando top.



rsync -avz --include '*/' --include '*.jpg' --exclude '*' origem/ destino/
Copiar e sincronizar somente os arquivos com extensão .jpg e subdiretórios de origem para destino. Origem e destino podem ficar em outra máquina, bastando informar nome de usuário e endereço no formato usuario@endereco.ip:/caminho/de/diretorio/. Para que o rsync faça o que você está querendo, é importante sempre incluir a barra "/" após o nome das pastas, no final do caminho (path).


xinput list # procure seu mouse e pegue o número dele - no nosso exemplo usaremos 12
xinput list-props 12 # lista as propriedades do mouse
xinput set-prop 10 'Device Accel Profile' -1 # desliga a aceleração do mouse
xinput set-prop 10 'Device Accel Constant Deceleration' .7 # muda a velocidade do ponteiro do mouse - valor padrão é 1

Se você gosta de jogar, provavelmente não gosta da aceleração do mouse. Ela faz com que o ponteiro mova bastante se você mover mouse rápido e pouco se você movê-lo devagar. Tem quem goste, mas os jogos exigem velocidade e precisão simultaneamente, por isso pode atrapalhar. Com ela desligada, um poneiro que se move muito rápido pode ser corrigido com um valor maior que 1 (1.5 por exemplo) de Device Accel Constant Deceleration e um ponteiro que se move muito lentamente pode ficar mais rápido com valores menores que 1 (.7 por exemplo).




htop

Um comando semelhante ao top , mas permite usar as setas para cima e para baixo para escolher um dos processos e usar uma das teclas de função indicadas na parte de baixo da tela e executar o respectivo comando, permitindo, por exemplo mudar o nível de niceness (prioridade) ou mesmo matar (kill) um determinado processo, sem a necessidade de digitar o número desse processo (pid).






smartctl -x /dev/sdX

Exibe o status do S.M.A.R.T. do disco rígido, que monitora e prevê problemas no HD antes de ocorrerem de modo que seja possível fazer backup e substituí-lo antes que o dano seja irremediável. O "X" no comando deve ser substituído pela letra da unidade. Ex.: smartctl -x /dev/sdc



badblocks -nvs

Verifica a superfície de um disco rígido procurando por erros, de forma não destrutiva. No caso de um HD novo, o "n" pode ser substituído por um "w", mas CUIDADOvocê vai perder todos os dados do disco se fizer isso!!! Ninguém pode ser responsabilizado por suas ações!





lsblk

Lista a árvore de unidades de disco /dev/sdXN, onde X é a letra da unidade e N o número da partição.





sudo umount /dev/sdX
sudo dd if=/path/to/ubuntu.iso of=/dev/sdX bs=4M conv=fdatasync

Copia uma imagem de disco ISO (que permita boot), para um pendrive, permitindo dar boot por ele, na maioria dos computadores PC. CUIDADO, VOCÊ PODE PERDER TODOS OS DADOS DO SEU DISCO PRINCIPAL SE ERRAR A LETRA DO PENDRIVE, NA DÚVIDA NÃO USE, VOCÊ É O ÚNICO RESPONSÁVEL POR SEUS ATOS.




dmidecode

Exibe a versão e demais informações da BIOS do seu computador.
Comments