Adobe, Superadobe e Hiperadobe


Adobe

Um dos mais antigos métodos de construção, consiste basicamente no modelamento de tijolos com terra crua, água e fibras naturais, principalmente palha.

A grande inércia térmica ajudava o interior das casas a ser fresco durante o dia.

Antiga cidadela de Bam
cidadela de Bam, ou Arg-é Bam, na província iraniana de Kerman: a maior estrutura do mundo em adobe, datando de pelo menos 500 a.C.
Fonte: Wikimedia Commons

Superadobe

Solo argiloso é socado em sacos de polipropileno que são empilhados, fixados entre si com arame farpado. Provavelmente objetivava meramente ser um método construtivo simples e barato, com as vantagens térmicas do adobe. O ponto negativo é o polipropileno (plástico) utilizado. Para piorar o aspecto ambiental, os sacos são queimados com maçarico antes de rebocar a parede, altamente poluente, sendo obrigatório o uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual).

Superadobe
Construção em Superadobe
Fonte: Wikimedia Commons

Hiperadobe

Para solucionar os problemas ambientais do superadobe, foi criado o hiperadobe, onde são utilizados sacos de ráfia natural (costumam chamá-la de Raschel). Dispensa o arame farpado, pois o barro se difunde pela trama da ráfia de fibra natural e esta ainda serve de chapisco, podendo-se aplicar o reboco natural diretamente sobre ela.

Uma curiosidade: somente depois de criado este site, descobrimos que existia um site quase homônimo (ecooca.com.br - em março/2012 informa que está suspenso temporariamente), aparentemente era mantido pelo desenvolvedor do hiperadobe. A ecooca.org não tem relação com a ecooca.com.br.

Já fomos contactados algumas vezes por pessoas interessadas a aprender mais sobre o hiperadobe, mas não temos conhecimento nem experiência com este método. Entretanto, fomos autorizados a repassar o seguinte contato, aos interessados:

Élcio
Epagri - Estado de Santa Catarina

anúncio

Comments