Aikido: História e Filosofia

Aikido Kanji


O Aikido é uma arte marcial de origem japonesa que preserva muitas
das tradições dos antigos guerreiros samurais (por exemplo: as técnicas
marciais, a vestimenta, o treinamento com armas, a etiqueta no dojo, a
hierarquia, a coragem, a lealdade, a disciplina, etc.) e, ao mesmo tempo,
apresenta uma filosofia coerente com os anseios da sociedade
contemporânea que busca a paz e a resolução dos conflitos através do
respeito e do diálogo. O Aikido é, simultaneamente, uma arte marcial
tradicional e moderna.

A palavra Aikido pode ser traduzida como ”Caminho para a harmonia
da energia” (Ai = harmonia; Ki = energia; Do = caminho). Esta arte foi criada
pelo O-Sensei (Grande Mestre) Morihei Ueshiba, em meados do século XX.
Morihei Ueshiba nasceu na cidade de Tanabe, província de Wakayama
- Japão, no dia 14 de dezembro de 1883, sendo o quarto filho do casal
Yoroku e Yuki Ueshiba.

Morihei Ueshiba
O-Sensei Morihei Ueshiba - Fundador do Aikido - fonte Wikimedia Commons

Morihei era uma criança de saúde delicada e desde muito cedo se
interessou pela prática de orações e meditações budistas. O seu pai,
preocupado com o desenvolvimento da saúde física do filho, o encorajou a
disciplinar e fortalecer o corpo através da prática da natação e do sumô.
Morihei foi um aluno muito aplicado na escola e, aos 17 anos, mudou-
se para Tóquio onde se dedicou ao comércio e também à prática de estilos
de jujutsu e kenjutsu, porém, devido a alguns problemas de saúde, ele teve
que retornar para a sua cidade natal, Tanabe. Uma vez em sua cidade e
após o reestabelecimento de sua saúde, Morihei casou-se com Hatsu
Itokawa.

Aos 20 anos, Morihei alistou-se no exército de seu país, onde se
destacou por sua coragem e habilidade marcial. Durante sua permanência
no exército, Morihei praticou kenjutsu, adquirindo o certificado da escola
Yagyu.

Após regressar para Tanabe e aos 29 anos, Morihei organizou um
grupo de pessoas para trabalhar na ocupação e desenvolvimento da ilha
Hokkaido, localizada ao norte do arquipélago japonês.

A partir de 1912, Morihei passou a viver com sua família na aldeia de
Shirataki, na ilha de Hokkaido, onde conquistou a admiração e o respeito de
todos por sua liderança, caráter, otimismo e dedicação. Durante o período
em que viveu em Hokkaido, Morihei treinou diversas artes marciais com
diferentes mestres, até que em 1915 conheceu Sogaku Takeda, mestre do
Daito Ryu Aikijujutsu, e passou a ser o seu discípulo dedicando-se à prática
marcial e aprendendo as técnicas que mais tarde serviriam de base para a
criação de sua própria arte, o Aikido.

Aos 36 anos Morihei recebeu notícias de que seu pai estava muito mal
de saúde. Deixou tudo o que possuía ao mestre Takeda, em sinal de
agradecimento, e partiu para Tanabe.

No caminho para casa, Morihei passou pela cidade de Ayabe para
conhecer Onisaburo Deguchi, um famoso monge da seita Omoto-Kyo. Este
encontro marcou profundamente a vida de Morihei Ueshiba, pois propiciou o
desenvolvimento de sua espiritualidade e a incorporação de princípios e
práticas que, posteriormente, também contribuiriam para a fundamentação e
criação do Aikido.

Ao chegar a Tanabe, Morihei soube que seu pai falecera, fato que o
entristeceu profundamente. Decidiu então, mudar-se com a família para
Ayabe onde se tornou membro da Omoto-kyo e passou a conviver com o
monge Onisaburo Deguchi. Seguindo o conselho de Deguchi, Morihei abriu a
Escola Ueshiba de artes marciais e passou a ministrar aulas e treinamentos
aos membros de sua comunidade.

Morihei 1921
Morihei Ueshiba em 1921 - fonte: Wikimeida Commons

Em 1924, Morihei acompanhou Deguchi em uma viagem até a
Manchúria, na China. Essa viagem proporcionou situações em que Morihei
pode colocar a prova todos os seus conhecimentos e habilidades marciais.
Depois de retornar ao Japão, em 1925, Morihei continuou dedicando-se
aos treinamentos marciais e espirituais e, após um combate com um militar
perito em kendo, O-Sensei teve uma experiência de iluminação,
compreendendo que o verdadeiro caminho do guerreiro é aquele que busca
a construção de uma sociedade pacífica e harmoniosa. É o caminho da
união e da cooperação, não o da guerra e da competição.

Nos anos que se seguiram, o nome de Ueshiba e a fama de sua
incrível habilidade espalharam-se por todo o Japão e O-Sensei viajou pelo
país ensinando sua arte que inicialmente era denominada Aiki Bujutsu,
depois Aikibudo e finalmente Aikido.

Em 1948 foi criada a Fundação Aikikai, que passou a ser dirigida pelo
filho do fundador Kisshomaru Ueshiba, e foi fundamental para a divulgação
do Aikido ao público em geral no Japão e, posteriormente para vários países
nos diferentes continentes.


Kisshomaru Ueshiba Sensei

Kisshomaru Ueshiba
Kisshomaru Ueshiba - Filho do Fundador - fonte: Wikimedia Commons

No dia 26 de abril de 1969, O-Sensei Morihei Ueshiba desencarnou,
deixando como legado a sua arte - o Aikido: um caminho a ser trilhado como
filosofia de vida para o desenvolvimento integral do ser humano (corpo-
mente-espírito) e na construção de relações harmoniosas com as pessoas, a
natureza e seus princípios universais.

Atualmente a Fundação Aikikai é dirigida pelo seu neto, Moriteru
Ueshiba, que é o atual doushu (líder) mundial do Aikido.
Moriteru Ueshiba Sensei

Moriteru Ueshiba
Atual Doushu - Moriteru Ueshiba - Neto do Fundador - fonte: Wikimedia Commons

A principal diferença entre o Aikido e as outras artes marciais é que
neste não existe qualquer tipo de competição. O-Sensei acreditava que a
competitividade só tende a prejudicar o desenvolvimento do ser humano e
que o aikidoca (ou aikidoísta) deveria se dedicar ao seu autoaprimoramento
procurando desenvolver e unificar o corpo, a mente e espírito através do ki
(energia). No Aikido o treinamento competitivo é substituído pelo cooperativo,
pois tanto o nague (aquele que aplica a técnica) quanto o uke (aquele que
recebe a técnica) desenvolvem suas habilidades durante a prática,
aprendendo a se harmonizar com a energia do companheiro.

Outra característica singular desta arte marcial é a não resistência. O
aikidoca não se opõe a força ou energia do agressor, ao contrário, a utiliza
em seu próprio benefício redirecionando-a e conduzindo-a de forma a
provocar desequilíbrio no atacante e finalizando a técnica com uma projeção
ou imobilização.

As técnicas e a movimentação do Aikido reproduzem os fenômenos da
natureza e as leis universais da física. Assim como os movimentos dos
planetas, das estrelas, das galáxias, dos ciclos da vida e da natureza, os
movimentos do Aikido são circulares, espirais e fluidos. A partir de um centro
forte e estável, o aikidoca conduz o atacante para uma posição periférica,
provocando o seu desequilíbrio e neutralizando a energia agressora.

O Aikido proporciona inúmeros benefícios para a saúde em geral. Na
saúde física, a sua prática desenvolve a coordenação motora, a flexibilidade,
a percepção espacial, o equilíbrio energético, o bom condicionamento físico,
a resistência muscular, etc.

Na saúde mental, o Aikido representa uma ótima alternativa para o
relaxamento, o alívio do estresse, a interação social, o equilíbrio emocional, o
desenvolvimento da atenção plena, do autocontrole e da autoconfiança.

Quanto à espiritualidade, o Aikido proporciona um caminho acessível
para todas as pessoas, independente de sua cultura ou religião. Através de
sua prática é possível lapidar o corpo, a mente e o espírito buscando uma
vida mais equilibrada, consciente e gratificante. O espírito é forjado na
prática disciplinada, através de uma mente de aprendiz, desenvolvendo
inúmeras qualidades como a determinação, a humildade, a coragem, a
prontidão, a integridade, a gratidão e a compaixão.

Enfim, o Aikido é uma arte marcial riquíssima e que pode contribuir
imensamente para uma boa formação do indivíduo em suas diversas áreas
ou esferas e, consequentemente, pode contribuir também para a construção
de uma sociedade melhor.


Frases e pensamentos de O-Sensei Morihei Ueshiba

“Se vocês querem estudar o Aikido, precisam estudar a criação e o
movimento deste universo, os princípios das forças que o criaram, o fluxo e a
função da energia da natureza, o movimento das galáxias. Tudo está inter-
relacionado, tudo faz parte da lei universal. As forças da vida são o princípio
do Aikido e a base da técnica.”

“As leis da natureza surgiram por intermédio do amor, da harmonia
absoluta encontrada no perene processo de criação. É absolutamente
necessário que os seguidores do Aikido pratiquem essas coisas bem no
íntimo do coração.”

“Budo não significa derrotar o adversário pela força, nem é um modo
de conduzir o mundo à destruição pelas armas. Seguir o verdadeiro Budo é
aceitar o espírito do universo, manter a paz na Terra e produzir, proteger e
cultivar todos os entes da natureza”

“A técnica do Aikido é estruturada no movimento circular, pois a
harmonia se gera e o conflito se resolve por intermédio do espírito do círculo.
A resposta do corpo, da mente e do espírito ao princípio do círculo é vital
para a criação da técnica.”

“O Aikido é o princípio da não resistência. Como não é resistente, conta
desde o início com a vitória. O Aikido é invencível porque não luta contra
nada. Vencer significa derrotar a ideia de disputa que abrigamos em nossa
mente.”

“Aikido é a arte da reconciliação. O homem que deseja brigar, perde
sua ligação com o Universo – e aquele que tenta dominar as pessoas,
termina dominado. Nós estamos aqui estudando a arte de resolver os
conflitos e não de inicia-los”.

“A verdadeira vitória é a vitória sobre si.”

“Nunca deixem de forjar sua mente e seu corpo a fim de aperfeiçoar o
seu caráter através do treinamento – este é o primeiro princípio.”

“A missão do Aikido segue o caminho absoluto do amor universal.”


Referências
  • Aikido e a Harmonia da Natureza. Mitsugi Saotome. Editora Pensamento;
  • Aikido – O Desafio do Conflito. Masafumi Sakanashi. Editora Pensamento;
  • Aikido – Evolução Passo a Passo. Moriteru Ueshiba. Editora Pensamento.

Questões:

1. Explique o significado da palavra Aikido.
2. Cite os principais fatos que marcaram a vida do Fundador do Aikido – O-Sensei Morihei Ueshiba.
3. Qual é a principal diferença entre o Aikido e as demais artes marciais?
4. Por que o Aikido é considerado uma arte marcial tradicional e moderna ao mesmo tempo?
5. Cite duas características importantes que estão presentes nas técnicas do Aikido.
6. Cite alguns benefícios da prática do Aikido para a saúde física, mental e espiritual.
7. Como você pode aplicar os princípios do Aikido na sua vida pessoal?

INSTITUTO AIKI - ARARAQUARA
por João Inácio

Comments